300 Dias Para Se Chegar Ao Mar

300 Dias Para Se Chegar Ao Mar

Que medida devo usar para chegar até o mar?

300 passos
300 dias

A cigarra cantou
Avisou que o verão chegou
O mar me chamou
Aqui estou.

“Quando corpo pede
um pouco mais de alma.
A vida é tão rara…”


Foram 300 passos dados
Após 300 dias longe do mar.

“Sabe lá
O que é morrer de sede
Em frente ao mar
Sabe lá?”


Vamos djavanear o que é de bom?

Não sei ao certo quantos foram os dias que não banhei-me no mar do campeche.
Mas, bem sei que todos os dias me banho no mar do Amor.

Rubem Alves escreveu que Deus é um oceano de Amor.

Minha palavra do ano 2020: Esperança.
Como ela está sendo necessária para fazer essa travessia.
Inspirada na esperança criativa desejo que em 2021
nossos passos sejam contados na dança da vida.
Nossas palavras transformem poeticamente a realidade.
E nosso coração seja dedicado ao Amor.
Feliz Ano Novo!!


#anonovo #campeche #lenine #djavan #meditação #escritacriativa #caminhada #dançar #dancesuahistória

Dance no seu ritmo

Dance no seu ritmo

Qual é o seu ritmo na dança da vida?

Se você está sentindo-se sobrecarregada, estagnada, pesada e isto tem deixado você exausta.

Se você está sentindo-se desmotivada para escrever, resistente para começar um trabalho ou com dificuldades para encontrar a palavra certa.

Pergunto: O que  te preocupa no momento? O que  te causa ansiedade? O que você teme  que aconteça ou que não aconteça?

A poetisa Kathleen Raine escreve: “Compreendo que sou a mesma pessoa, quer esteja esfregando o chão ou escrevendo um poema, que a minha dignidade como ser humano não depende em absoluto do papel que, em um dado momento, sou chamada a desempenhar – pois  esses papeis são apenas eles e as pessoas, livres de todos eles.”

Às vezes é mais fácil vivermos num ritmo de vida que criamos para nos agradar e não para impressionar os outros. Estaremos prontas para  abandonar os pesos que colocamos sobre nossos próprios ombros? Estaremos preparadas para tirar as máscaras?  Estaremos dispostas a abrirmos mão de padrões mentais que nos aprisionam? Estaremos comprometidas em restaurarmos nosso equilíbrio físico, mental e espiritual, retornarmos e contribuirmos para o fluxo criativo da vida?

Se essas perguntas fazem algum sentido para você e, caso você queira explorar  qual é o seu ritmo na dança da vida, convido você para fazer uma Jornada da Descoberta  gratuita, online,  com duração de 15 minutos, para você experimentar como ESCREVER, DANÇAR E MEDITAR, são práticas contemplativas criativas para você manter seu equilíbrio dia a dia.   Envia-me um email para idamara@idamarafreire.com.br

Abraços com Alegria!

Ida Mara

#3 Semanas para recriar memórias corporais dolorosas

#3 Semanas para recriar memórias corporais dolorosas

“Há um livro em cada um de nós.”Clarice Lispector. Veja vídeo como busquei no corpo um narrador para contar as histórias do livro que escrevo com minha vida.

http://https://youtu.be/-XDSBpS2AOI

“Recrie suas Memórias Corporais”
Por Rita Teixeira
‘Diario Corpografias: aprenda a registar as suas memórias corporais’, é o novo livro da autora, bailarina e coaching Ida Mara Freire, que convida o leitor a dançar e recriar as memórias que escondidas habitam o nosso corpo. Um guia de 21 dias, com exercícios diários, que te levará a descobrir como a atenção para o corpo é o caminho para a alegria e tranquilidade. 

Click no link para compra e saber mais:
http://https://go.hotmart.com/H13906907L

O Diário Corpografias: aprenda a registar as suas memórias corporais”, é um e-book interactivo, de fácil abertura e leitura. Visualmente estético, divertido e apelativo, suscita a curiosidade de experimentar cada uma das atividades.

De linguagem poética, mas as mesmo tempo acessível a diferentes públicos, a autora dialoga com o pensamento de outros autores, poetas, a sua própria experiência e até mesmo o trabalho fotográfico de alunos do curso Jornadas Criativas para propor o conceito de corpografia enquanto forma movente de reflexão.

Composto por atividades que promovem o acesso à experiência do próprio corpo, através do contato com a memória corporal e a imaginação, o leitor, ao mesmo tempo participante, é convidado diariamente a explorar a sua criatividade, sentir alegria e resignificar as suas vivências a partir do movimento e da escrita. Apelando a diversas formas de percepção, a autora facilita a descoberta de outras formas de se pensar o modo como podemos guiar as nossas relações intersubjectivas. Identifico a atividade de dia 5: o ser na escrita – Avalie com os seus ombros o peso de um parágrafo. E a atividade do dia 19: ritmo-métrico da alegria – Imagine que você é uma bola colorida nas mãos de uma criança.

As atividades não requerem nenhum custo financeiro na compra de materiais ou do aluguel de um espaço específico para o efeito. Pelo contrário, o leitor e participante é desafiado a criar com os recursos (humanos, história pessoal, vivências, infra-estrutura) já existentes na sua vida.

 A oração de gratidão ao corpo pode servir de suporte para a meditação diária incorporando a qualidade do sagrado na prática da corpografia.

No final do e-book a autora apresenta sugestões para a sustentabilidade do programa de transformação dos 21 dias, muitas delas novamente sem ser preciso investimento financeiro. As leituras sugeridas permitem um aprofundamento sobre o tema.

Para comprar click aqui:
http://https://pay.hotmart.com/H13906907L