Paz o Natal

Paz o Natal

Um Natal repleto de paz, amor, esperança e alegria para você e sua família.

Reino do Messias é pacífico e próspero

”E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão, e a nédia ovelha viverão juntos, e um menino pequeno os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, e seus filhos juntos se deitarão; e o leão comerá palha como o boi. E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e o já desmamado meterá a mão na cova do basilisco. Não se fará mal nem dano algum em todo o monte da minha santidade, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.” #isaías #paz #natal

Advento: tempo de espera…

Advento: tempo de espera…

Espera. Moramos nas ausências. Elas são o lugar do nosso corpo.

Choramos quando o mundo se enche de ausências e o desejo não tem o que abraçar. E rimos quando vislumbramos, no meio das ausências, pequenas promessas, fragmentos daquilo por que o desejo suspira.

[…] O gesto inútil: não revelará ele a secreta e louca suspeita de que, talvez, não será tão inútil como parece? As palavras diziam da inutilidade. Mas a sua beleza diz da esperança: de alguma forma aquilo que foi perdido no passado será reencontrado no futuro. E é só por isso que vale a pena guardá-lo na memória, como palavra, como celebração, como sacramento…

Esperança é isto: guardar teimosamente a sombra de que se perdeu na recusa de abandoná-lo no ‘nunca mais’. E dizemos: ‘estou esperando…’ (Rubem Alves) #advento #rubemalves #floresdomeujardim #alamanda #esperança #celebração

Gratidão pela vida

Gratidão pela vida

Tempo de agradecer. Já expressou sua gratidão hoje? Estamos a celebrar o dia de Ação de Graças, na última quinta-feira do mês de novembro. Vamos cultivar um coração grato. Eis as palavras de hino da harpa cristã que vem a minha memória:

“Graças dou por esta vida: pelo bem que revelou
Graças dou pelo futuro, e por tudo que passou
Pelas bênçãos derramadas, pela dor, pela aflição
Pela graça revelada! Graças dou pelo perdão

Graças pelo azul celeste e por nuvens que há também
Pelas rosas do caminho, por espinhos que elas têm
Pela escuridão da noite, pela estrela que brilhou
Pela prece respondida, pelo sonho que falhou


Pela cruz e o sofrimento e por toda provação
Pelo amor que é sem medida, pela paz no coração
Pela lágrima vertida, pelo alivio que é sem par
Pelo dom da eterna vida, sempre graças hei de dar!”

Composição: Alice O. Denyszcuk #gratidão #açãodegraças #thanksgiving #agradecer