Paciência e Perseverança

Série Passos da Humildade – Resumo Passo 4

O quarto passo da humidade nos leva a aceitar as dificuldades impostas por outros na vida com “paciência e perseverança, sem cansaços ou retrocessos” (cf. R.B.7:35,36). Este passo da humildade requer maturidade emocional. A vida está cheia de coisas duras, mas a maioria não é impossível ou desonesta, apenas difícil. Às vezes, na vida espiritual, temos de parar ou fugir das coisas que nos irritam, para saber o que nos está sendo pedido e que nos recusamos a dar.

Abertura:

Olá. Boas-vindas para você que escolhe este tempo para cultivar um coração compreensivo, pensar com discernimento e cultivar a paz interior. Sou Ida Mara, escritora, dançarina e praticante da meditação cristã. Você está ouvindo mais um episódio do programa mude sua história e vivencie o poder da sua alegria. Saiba mais acessando o site www.idamarafreire.com.br

A pergunta de hoje é:

Eu sou aquele tipo de pessoa que  sempre está com a razão?

“Acima de tudo, o quarto passo da humildade requer darmos oportunidade as ideias dos outros. Quando aceitamos as pessoas que ocupam postos superiores aos nossos, não devemos ver segundas intenções em tudo o que fazem, ou querer efeitos imediatos. Às vezes devemos apenas esperar. Outras vezes, teremos de continuar fazendo as coisas à sua maneira. Ainda outras, teremos de deixá-las encontrar as fraquezas dos seus próprios métodos, a seu tempo. De que serviria apressar-se? E que bem há numa ideia ser melhor, sobre coisas sem importância, sem perdemos as relações enquanto procuramos provar a nós mesmas que estamos certas?” Indaga Joan Chittister em seu livro Sabedoria que Brota do Cotidiano.

O quarto passo de humildade nos desafia a escutar atentamente as pessoas quando estamos em condições difíceis, desfavoráveis ou mesmo injustas.  É um convite para abraçarmos com nosso coração  o sofrimento em silêncio e  suportá-lo sem enfraquecer ou fugir da situação.

Essa experiência nos oferece  mais um presente relacionado à liberdade interior, pois com ela  “Descobrimos  a voz de Deus onde não esperamos encontrar Deus:  escutamos Deus falar conosco  através da voz da sabedoria  de outra pessoa,  mesmo quando essa sabedoria é difícil, mesmo quando é exigente, mesmo quando não é evidente. ”

 

Escrita Criativa:

  1. Escreva em um cartão o quarto passo da Humildade: Resistir e não se cansar.

 

  1. Leia e preencha a descrição do quarto passo de humildade em voz alta algumas vezes ao acordar:

 

“Persevere… O quarto passo de humildade me diz para perseverar e ser paciente em meio à (_________________________________) da vida até que a luz do discernimento surja mais uma vez em mim.”

 

  1. Descreva em seu diário a sua experiência de escutar a sabedoria de Deus na voz de uma pessoa,
  2. Se desejar   compartilhe comigo.  Fico muito feliz  em saber que estas atividades estão  fazendo sentido para você.

 

Vamos meditar:

A paz do caminho

Lembro-me muitas vezes, Senhor, daquilo que me disse um peregrino que passou por mim no caminho de Santiago, quando me viu sentado, com a mochila ao canto, pondo mercúrio nas feridas. “É tão bom ter tempo para conversar com si próprio! – atirou-me ele. E eu que ainda pensava estar apenas tratando dos pés. Mas, de repente, senti que se não me aceitasse (a mim e as feridas que surgiram) e não entabulasse um diálogo integrador comigo mesmo, não tornaria a encontrar a paz do caminho.

Encerramento:

Aprecio esse tempo que você reserva para meditar, refletir, respirar, ouvir o seu coração e dar um novo passo com humildade para mudar a sua história. Agradeço por seus comentários e por compartilhar esse episódio com  uma pessoa amiga. Entre em contato pelas redes sociais ou no meu site: www.idamarafreire.com.br abraços com alegria até o próximo episódio.’

Leituras: Joan Chittister: Sabedoria que brota do cotidiano. José Tolentino Mendonça: Um Deus que dança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.