Dançar Seus Sonhos

Como você sustenta seus sonhos? Hoje sustento o sonho da menina que eu fui aos 8 anos de idade, que passava boa parte do tempo entre livros e cadernos, e auxiliando a minha mãe nas vendas de roupas e  cosméticos da Christian Gray.” 

 

Se você me perguntar qual era o sonho dessa menina? Eu não tenho uma resposta exata. Mas, eu sei o que ela amava: aprender. E foi assim, que decidi ser uma aprendiz da vida. 

 

Eu era uma menina muito curiosa, vivia indagando o mundo com meu olhar.  Estudei muito,  na busca de compreensão do ser humano em diversos contextos sociais e culturais. 

 

“Um belo dia resolvi mudar. E fazer tudo que queria fazer…” Escrever, dançar, meditar, criar. Voltar ao começo, viver o que Clarice Lispector escreveu:

 

“​​​​​​Eu antes tinha querido ser os outros para conhecer o que não era eu. Entendi então que eu já tinha sido os outros e  isso era fácil.  Minha experiência maior seria ser o outro dos outros: e o outro dos outros era eu.”

 

Na escola da vida encontrei pessoas que me ajudaram a descobrir “minha experiência maior”:  @marcialerinna mostrou minha força essencial e minha ação no mundo; @sagelavine me incentivou a  dançar minha história e criar liberdade financeira para mim e para os outros;  @leandropercario demonstrou que o equilíbrio emocional está ao  alcance das nossas mãos. 

 

Quando observo essa menina da foto, noto que são muitas as aprendizagens que me prepararam para servir com inteireza,  promover  trocas com mulheres que escutam o chamado para liderar com criatividade, liberdade e alegria. 

 

Mulheres em posição de liderança  reconhecem que a liberdade financeira pode proporcionar sossego à mente, possibilitar o cultivo das artes e,  a doação com generosidade. 

 

Pensando nisso, estou oferecendo para  as participantes da Imersão do Outono  o bônus  de uma sessão de mentoria em grupo intitulada: “Felicidade & Liberdade Financeira para Mulheres Criativas”, onde examinaremos três passos para sairmos da mentalidade da escassez, escolhermos a percepção do fluxo da abundância da vida e transformarmos a realidade próxima de nós com esperança, justiça e alegria

 

Inscreva-se  pelo link: https://forms.gle/d4UhKjUTYquBUKpP8

Venha dançar seus sonhos na  Imersão do Outono com a dançarina Renata Mara Fonseca de Almeida.

 

Renata Mara nasceu com o desejo de criar e com a necessidade de se reinventar a cada dia. Um corpo de mulher, inquieta, curiosa, sensível e criativa. Nos olhos um gene que marcaria sua singularidade no modo de ver. Hoje, uma artista da dança, docente, psicóloga e pesquisadora do corpo, da sensibilidade e das relações entre presença e vida.

Doutora em Teatro, fez do cruzamento de sua história com a dança e a experiência com a quase cegueira seu tema de pesquisa; compartilhando em sua tese reflexões e práticas que contribuam ao ser que dança ser feliz.

 

#mulherescriativas 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.