Livros

livro_pontiMerleau-Ponty em Florianópolis
Claudinei Aparecido de Freitas da Silva,
Marcos José Müller (Organizadores)

Editora Fi
ISBN: 978-85-66923-56-8
Nº de pág.: 399

:: Ver na página da editora: www.editorafi.org/#!claudinei/c1phd

:: Ebook

Artigo Publicado na obra:
Toyi-Toyi: a dança de uma nação e a noção de liberdade em MerleauPonty,  Ida Mara Freire
Página 37

“A palavra não é resoluta, nem submissa ou aquiescente. Qual seria a palavra que melhor traduz quando se aceita o que se vive, mesmo que de uma forma não desejada? Vinte e sete anos preso, não seriam seus algozes Madiba, os presos? Confinados na cela do pensamento da injustiça, do medo, da covardia e da insegurança, a palavra latente é liberdade. O povo sul-africano aprende com o pai da nação, Nelson Rolihlahla Mandela, como ser livre mesmo quando preso. Envoltos pela teia de pensamentos acerca da liberdade, tecem em suas mentes os fios da experiência de serem livres tanto no interior como no exterior. A liberdade desvela, ao mesmo tempo, tanto a 38 Merleau-Ponty em Florianópolis singularidade quanto a identidade. Pois ser livre atravessa o ser em si mesmo, cujo domicílio é o mundo. ”